Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Contos das Estrelas

Neste blog são apresentados conteúdos literários. Para qualquer assunto podem contactar o autor via ruiprcar@gmail.com. Aceitam-se contributos de outros autores, de 4 a 24 de cada mês, relativos ao tema Natureza ou Universo :-)

Contos das Estrelas

Neste blog são apresentados conteúdos literários. Para qualquer assunto podem contactar o autor via ruiprcar@gmail.com. Aceitam-se contributos de outros autores, de 4 a 24 de cada mês, relativos ao tema Natureza ou Universo :-)

Ambiente e Natal

por talesforlove, em 23.12.20

Esta partilha não é a última do ano, mas a que se impõe dadas as circunstâncias. Quais? As do Natal e as da matança de animais num terreno em Portugal. Não há muitas palavras, apenas uma pergunta: como foi possível?! Fica uma notícia que felizmente revela que em Portugal tanto o poder político como as pessoas em geral estão muito sensibilizadas para a questão da preservação do ambiente:

Ministro manda revogar licença de caça após morte de 540 animais na Azambuja - JN

https://www.jn.pt/local/noticias/lisboa/azambuja/ministro-quer-licenca-de-caca-revogada-apos-morte-de-540-animais-na-azambuja-13163908.html

Neste domínio estamos TODOS de parabéns!

 

Fica ainda uma canção que bem pode ser de Natal de "A Bela e o Monstro"

Céline Dion - How Does A Moment Last Forever (from Beauty and the Beast) (Official Video)

https://www.youtube.com/watch?v=YsKKuCUYUMU

Tradução Livre por Rui M.:

Como um momento perdura para sempre?
Como pode uma história nunca terminar?
É junto do amor que nos devemos sempre manter
Nunca é fácil mas nós tentamos
Por vezes a nossa felicidade é detida
De alguma forma um tempo e um lugar fica na memória
O amor vive nos nossos corações
E sempre viverá
Os minutos tornam-se horas
Dias em anos e então se findam
Mas quando tudo o resto tenha sido esquecido
Ainda assim a nossa canção sobrevive
Talvez alguns momentos não tenham sido assim tão perfeitos
Talvez algumas memórias não sejam assim tão agradáveis
Mas nós temos de viver alguns maus momentos
Ou as nossas vidas são incompletas
Então quando as penumbras tomam conta de nós
E nós sentimos que a nossa esperança desapareceu
Ouviremos a nossa canção e saberemos uma vez mais
Que o nosso amor perdura

Aaaa aaa A

Como um momento perdura para sempre?
Como perdura a nossa felicidade?
Através da escuridão dos nossos problemas
O amor é beleza, o amor é puro
O amor não quer saber de desolação
Protege, continua e persevera
E faz-nos um todo
Os minutos transformam-se em horas
Em anos e depois desaparecem
Mas quando tudo tiver sido esquecido
Ainda assim a nossa canção sobrevive

Como é que um momento sobrevive para sempre?
Quando a nossa canção
Sobrevive

 

Original em Inglês:

How does a moment last forever?
How can a story never die?
It is love we must hold on to
Never easy but we try
Sometimes our happiness is captured
Somehow a time and place stand still
Love lives on inside our hearts
And always will
Minutes turn to hours
Days to years then gone
Bur when all else has been forgotten
Still our song lives on
Maybe some moments weren’t so perfect
Maybe some memories not so sweet
But we have to know some bad times
Or our lives are incomplete
Then when the shadows overtake us
Just when we feel our hope is gone
We’ll hear our song and know once more
Our love lives one

Aaaa aaa A

How does a moment last forever?
How does our happiness endure?
Through the darkest of our troubles
Love is beauty, love is pure
Love pays no mind to desolation
It flows like a river through the soul
Protects, proceeds and perseveres
And makes us whole
Minutes turn to hours
Days to years then gone
But when all else has been forgotten
Still our song lives on


How does a moment last forever?
When our song
Lives on

 

Fica também este poema:

Poesia da Antologia 2018-2019

 

“Iluminar o infinito” António Ramalho de Portugal

 

Iluminar o infinito

A liberdade

que existe na dúvida,

respira no conforto

que podemos conhecer,

que não parece julgar

os erros,

que havia na natureza,

como ficção,

onde permanece

a verdadeira realidade,

que atende a matéria,

na virtude que forma a razão,

ao acertar

na paixão do contrário,

ao que permite chegar

a alma que dirige

a forma como sentido,

na imaginação que entende

o que pode mostrar

a verdade,

na conexão de ter

o que chama a razão

 

que pode explicar

algumas palavras

na sua perfeição,

a desfrutar

do momento para dizer

o que pode acontecer

no anseio da natureza

que compreende

o contraponto do saber,

no próprio corpo que é,

a necessidade

que o homem é,

na objetividade de ser

o crescimento que se torna

a realidade no seu significado,

a considerar a natureza,

de ser a existência,

que se afirma no papel,

de ser a criação que chama

o que descreve o espírito,

na linguagem da essência,

a conseguir ser

o invisível que diz o coração,

na forma de sentir o tempo,

como reconciliação da busca,

na imaginação como guia.

 

 

Este ano os CTT - Correios de Portugal fazem 500 Anos.

Não se esqueçam de enviar um e-mail, sms ou um postal, sobretudo a quem vos contactou durante o ano de 2020 ou não. Pensem nisso.

 

Feliz Natal!

Até breve, ainda este ano.

Até 15 de Janeiro - Versão Inglesa do Concurso Natureza

por talesforlove, em 09.01.19

Caros autores.

Podem encontrar aqui o regulamento para o concurso em Inglês:

https://talesforlove.blogs.sapo.pt/

 

Obrigado.

Até breve.

 

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D