Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Contos das Estrelas

Neste blog são apresentados conteúdos literários. Para qualquer assunto podem contactar o autor via ruiprcar@gmail.com. Aceitam-se contributos de outros autores, de 4 a 24 de cada mês, relativos ao tema Natureza ou Universo. :)

Contos das Estrelas

Neste blog são apresentados conteúdos literários. Para qualquer assunto podem contactar o autor via ruiprcar@gmail.com. Aceitam-se contributos de outros autores, de 4 a 24 de cada mês, relativos ao tema Natureza ou Universo. :)

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Festival Eurovisão da Canção em Portugal - 2018 - 12 de Maio

por talesforlove, em 13.05.18

A realização do Festival Eurovisão da Canção em Portugal foi um evento muito animado. Desde o Terreiro do Paço até ao Parque das Nações existia uma agitação alegre que permitia sentir a música e ver o dia com novos olhos. A poesia da boa disposição, das esperas intermináveis nas filas, do turismo musical, das bandeiras múltiplas.

Valeu a pena conhecer a radio da Eurovisão...

http://www.escradio.com

 

foto1.jpg

 


Valeu a pena ver amigos da Austrália.

Há poesia até nos cangurus.

 

foto2.jpg

 

 


E embora a canção vencedora não seja aquela que, em termos poéticos ou da mensagem transmitida, seja a preferida deste blogue, ela tem um ritmo feliz que merece a pena conhecer. Parabéns a Israel!

 

Até breve e boas leituras.

Fica o convite a subscrever o blogue colocando o seu e-mail na caixa no topo.

Obrigado.

 

"As pessoas sensíveis" de Sophia de Mello Breyner Andresen, pelo falecimento do Sr. Dr. Mário Soares

por talesforlove, em 07.01.17

As pessoas sensíveis não são capazes
De matar galinhas
Porém são capazes
De comer galinhas

O dinheiro cheira a pobre e cheira
À roupa do seu corpo
Aquela roupa
Que depois da chuva secou sobre o corpo
Porque não tinham outra
O dinheiro cheira a pobre e cheira
A roupa
Que depois do suor não foi lavada
Porque não tinham outra

“Ganharás o pão com o suor do teu rosto” Assim nos foi imposto
E não:
“Com o suor dos outros ganharás o pão”

Ó vendilhões do templo
Ó construtores
Das grandes estátuas balofas e pesadas
Ó cheios de devoção e de proveito
Perdoais–lhes Senhor
Porque eles sabem o que fazem

meta

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D