Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Contos das Estrelas

Neste blog são apresentados conteúdos literários. Para qualquer assunto podem contactar o autor via ruiprcar@gmail.com. Aceitam-se contributos de outros autores, de 4 a 24 de cada mês, relativos ao tema Natureza ou Universo :-)

Contos das Estrelas

Neste blog são apresentados conteúdos literários. Para qualquer assunto podem contactar o autor via ruiprcar@gmail.com. Aceitam-se contributos de outros autores, de 4 a 24 de cada mês, relativos ao tema Natureza ou Universo :-)

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

as Jornadas Mundias da Juventude em Portugal

por talesforlove, em 01.08.23

Hoje iniciam-se as Jornadas Mundias da Juventude em Portugal e nelas tem sido evidente a preocupação por questões ecológicas, e são sugeridas diversas medidas positivas, por exemplo, as deslocações realizadas através de transportes públicos não poluentes, a reciclagem, a alimentação vegetariana sempre que possível. Sem fundamentalismos, sem dúvida, atitudes positivas.

Partilha-se aqui uma receita típica da culinária Portuguesa com a respetiva tradução em Françês. Esta receita com tradução surge para dar também as boas-vindas aos jovens de França.
Voici une recette typique de la cuisine portugaise, avec sa traduction en français. Cette recette avec traduction est également conçue pour accueillir les jeunes de France.

Receita de/Recette de “Bacalhau à Brás”


Ingredientes Étoffe


1 ramo - salsa fresca 1 succursale - persil frais
800 g batata 800 g pomme de terre
450 g lombo de bacalhau demolhado 450 g longe de morue trempée
1 Litro óleo 1 Litre huile
2 colheres de sopa de azeite 2 cuillères à soupe d’huile d’olive
4 dentes de alho 4 gousses d’ail
1 folha de louro 1 feuille de laurier
6 ovos 6 oeufs
12 azeitonas pretas 12 olives noires
1 cebola 1 oignon

Primeiro
Descasque as batatas e corte-as em palitos muito pequenos.
Premier
Pelez les pommes de terre et coupez-les en bâtonnets très fins, pour obtenir des pommes de terre de paille.

Segundo
Prepare o bacalhau: retire a pele e as espinhas e desfie com as mãos.
Deuxième
Enlevez la peau et les os de la morue et déchiquetez-la avec vos mains.

Terceiro
Escorra as batatas e seque-as.
Troisième
Égoutter les pommes de terre et bien les sécher.

Quatro
Aqueça o azeite numa frigideira e refogue a cebola descascada, cortada em meias-luas.
Com alho, descascado e picado, e a folha de louro.
Quatre
Pendant ce temps, chauffer l’huile d’olive dans une poêle et faire revenir l’oignon coupé, pelé et coupé en demi-lune, l’ail, pelé et haché, et la feuille de laurier.

Cinco
Quando a cebola e o alho começarem a ficar amolecidos, adicione o bacalhau.
Tape a frigideira.
Cinquième
Lorsque l’oignon et l’ail commencent à ramollir, ajoutez la morue râpée et couvrez la poêle.

Seis
Cozinhe em lume brando.
Sixième
Cuire à feu doux.

Sete
Adicione as batatas fritas.
Septième
Ajouter les frites.

Oito
Junte os ovos, previamente batidos, mexa-os suavemente, permitindo que eles envolvam todos os ingredientes.
Huitième
Ajouter les œufs, préalablement battus, les remuer doucement, en leur permettant d’envelopper tous les ingrédients.

Nove
Antes de servir polvilhe com salsa picada e decore com azeitonas.
Neuvième
Avant de servir, saupoudrer de persil haché et garnir avec les olives.

 

Até breve.

1 de Outubro: Texto de quase crítica literária “Palavras Kaléidoscopiques”

por talesforlove, em 01.10.19

O livro “Palavras Kaléidoscopiques”, tem duas partes: um livro de poemas e outro de artes impressas, arte digital, num total de 109 páginas. A poesia é fruto do empenho da poetiza Jeanete Shimara e a arte visual é da autoria de Juan Alarcón. Os poemas surgem, em cada página, em 4 línguas: Francês, Inglês, Espanhol e Português, e é sempre diferente, em alternância, a ordem das línguas dos poemas dispostos em cada página, como se esse espaço fosse um universo próprio. Cada poema é um breve retrato de um sentimento, o qual é bem-sucedido, pois sentimos o que a poeta nos pretende transmitir. Cada um destes retratos nos absorve e nos “liberta” do mundo que nos rodeia, para entrarmos noutro local, que não conseguimos explicar, sendo, eventualmente, o mundo da poetiza que afinal de contas também é nosso… Uma viagem plena de interesse.

O livro de artes impressas, é composto por um conjunto de desenhos digitais, com padrões e jogos de cores que, sendo sempre diferentes, nos fazem sentir que afinal, possuem sempre algo em comum. Existe uma fantasia, metade premeditada, metade incontrolável, a que o artista se parece entregar, abandonando-se à sua “sorte”, deixando-nos sem norte mas felizes. Uma abstração poética feita de formas; quase em 3 dimensões.

Mas não, não é só por tudo isto e muito mais, que vale a pena adquirir esta obra. Muitos de nós podemos sentir algo mais pois Juan Alarcón é Venezuelano, “autoexilado” no Brasil, e portanto este trabalho é também um ato de coragem para seguir em frente, após uma tempestade na vida de alguém. Assim, o livro é um testemunho “histórico” do momento que hoje se vive na Venezuela e pode-se assumir que também nos países de acolhimento, pois saber acolher bem pode ser um desafio com dificuldades muito próprias.

Em resumo, Jeanete Shimara + Juan Alarcón, são a dupla perfeita; os fazedores de oportunidades e quando se fecha o livro fica a saudade, a vontade de a ele regressar, como que a uma frutuosa terra distante. É assim inevitável o convite à leitura de um poema e a apreciação de uma imagem deste livro único.

PK-01ok.jpg

poema1.jpg

 

Podem-se contactar os Autores através de:

poesiemaisart@gmail.com

@poesiemaisart

Mais informação em:

https://twitter.com/ftcmag/status/977573298321154049?fbclid=IwAR3YnUJc_JxndPDhULCR-oAd43Vrs29eRxGf-4st6hyD1hSk1HdwWhK9o6U

 

Hoje é o Dia Nacional da Água em Portugal.

Podemos saber um pouco mais sobre este dia, aqui:

https://www.calendarr.com/portugal/dia-nacional-da-agua/

 

Até breve.

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2023
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2022
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2021
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2020
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2019
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2018
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2017
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2016
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2015
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D