Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Contos das Estrelas

Neste blog são apresentados conteúdos literários. Para qualquer assunto podem contactar o autor via blogsnat@gmail.com. Aceitam-se contributos de outros autores, de 4 a 24 de cada mês, relativos ao tema Natureza ou Universo. :)

Contos das Estrelas

Neste blog são apresentados conteúdos literários. Para qualquer assunto podem contactar o autor via blogsnat@gmail.com. Aceitam-se contributos de outros autores, de 4 a 24 de cada mês, relativos ao tema Natureza ou Universo. :)

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

A 30 de Junho 2019: plástico, ambiente e solidariedade

por talesforlove, em 30.06.19

Frequentemente falamos sobre questões de preservação do ambiente, sem pensarmos que somos nós próprios altamente beneficiados pela sua preservação, pela preservação da nossa saúde. Isto significa que sem dúvida as espécies vegetais e animais protegidas beneficiam mas muitas vezes pensamos em preservar a natureza que conhecemos e sobretudo aquela que nos dá o maior benefício que conseguimos compreender.

 

Existe um projeto que consiste na recolha de tampinhas que são recicladas e cujo valor angariado é em grande medida utilizado para a compra de material ortopédico. Este blog tem participado na sua modesta possibilidade, sendo algo feito com muito gosto. Vale a pena conhecer um pouco mais sobre este projeto, por exemplo, em:

http://www.ambisousa.pt/pt/projetos/responsabilidade-social/projeto-tampinhas-embalagens/

Há uma beleza muito particular em projetos como este em que a solidariedade faz a diferença e é de estranhar quando se vê em algum local um aglomerado de tampas deitadas para o chão, não só poluindo mas também não sendo dada uma utilização nobre ao material ignorado e abandonado como se de nada mais servisse, após uma única utilização.

O plástico é um material resistente, que pode ter resina na sua constituição mas que, uma vez na natureza, pode contribuir durante muito tempo para a poluição do ambiente e prejudicar a saúde dos animais. Podemos saber um pouco mais sobre este produto em:

https://www.pp-t.com/pt/o-que-e-o-plastico.html

 

Também ligado à área da saúde, verifiquei a existência de um cartão solidário que tem como objectivo apoiar as pessoas que não têm dinheiro para pagar os seus medicamentos. Trata-se do cartão "Abem", sobre o qual podemos saber mais em:

https://abem.dignitude.org/como-funciona/

 

Note-se que este cartão promove a inclusão, uma preocupação que tem tudo a ver com desenvolvimento sustentável, e consequentemente com a poesia que busca a dignidade e preservação da natureza. 

 

Até breve.

De Sophia de Mello Breyner Andresen, pelos 100 anos do seu nascimento...

por talesforlove, em 25.06.19
QUE NENHUMA ESTRELA QUEIME O TEU PERFIL

 

Que nenhuma estrela queime o teu perfil
Que nenhum deus se lembre do teu nome
Que nem o vento passe onde tu passas.

Para ti criarei um dia puro
Livre como o vento e repetido
Como o florir das ondas ordenadas.

 

Até breve.

De Sophia de Mello Breyner Andresen, certamente Musa Poética

por talesforlove, em 24.06.19
PORQUE OS OUTROS SE MASCARAM MAS TU NÃO

 

Porque os outros se mascaram mas tu não
Porque os outros usam a virtude 
Para comprar o que não tem perdão. 
Porque os outros têm medo mas tu não. 
Porque os outros são os túmulos caiados
Onde germina calada a podridão.
Porque os outros se calam mas tu não.

Porque os outros se compram e se vendem
E os seus gestos dão sempre dividendo.
Porque os outros são hábeis mas tu não. 

Porque os outros vão à sombra dos abrigos
E tu vais de mãos dadas com os perigos. 
Porque os outros calculam mas tu não.

 

Esperamos ter a Antologia preparada em finais de Julho.

Até breve.

2 Anos Depois

por talesforlove, em 17.06.19

O enorme fogo de Pedrógão foi há dois anos. Parece que foi ontem e, de facto, tanto continua igual...

https://24.sapo.pt/atualidade/artigos/pedrogao-grande-ha-dois-anos-as-chamas-mataram-66-pessoas-e-atingiram-cerca-de-500-casas

 

Até breve e um abraço a todos os leitores.

Termina hoje a Feira do Livro de Lisboa 2019

por talesforlove, em 16.06.19

FeiraFoto3.jpg

Termina hoje a Feira do Livro fica a clara noção que está ainda melhor que antes.

Até breve.

Quadra da Selecção de Futebol 2019

por talesforlove, em 13.06.19

Ó meu rico Santo António dá-me a tua mão
e ajuda o Ronaldo a marcar mais um golo pela Seleção!
E já agora que marque também o nosso Guedes,
pois eu sei que ele marca sempre que lhe pedes!

 

Fica a página da Feira do Livro de Lisboa:

https://feiradolivrodelisboa.pt/

 

Até breve.

Uma Marcha para o Santo António por Catarina C.

por talesforlove, em 13.06.19

Santo António de Lisboa e do mundo

 

Santo António de Lisboa

“É o santo de todo o mundo”.

Nasce e vive em Lisboa

Coimbra o tornou profundo.

 

Sábio fez vida a pregar,

Mas nem sempre foi bem vindo.

Aos peixes resolveu falar

E eles calados, ouvindo !

 

Refrão

Com seu rio de águas calmas,

Lisboa tem brilho e luz.

Nas colinas batam palmas

À marcha que nos conduz !

Marcha o povo, e marcha bem,

Vamos assim celebrar.

Feliz canta quem tem

Santo António para o casar !

Mas foi longo seu percurso

Desde que era Bulhões,

De milagres tantos fez

Terminou a dar sermões.

Diz o papa e tem razão :

“Santo é o rosto mais belo”.

Fez milagres com o pão

Desde o convento ao castelo.

 

Refrão (2x)

 

Com seu rio de águas calmas,

Lisboa tem brilho e luz.

Nas colinas batam palmas

À marcha que nos conduz !

 

Marcha o povo, e marcha bem,

Vamos assim celebrar.

Feliz canta quem tem

Santo António para o casar !

Santo António para o casar !

Santo António para o casar !

 

Até breve.

Dia de Portugal, de Camões, e das Comunidades Portuguesas

por talesforlove, em 10.06.19

Um soneto de Luís Vaz de Camões

 

Alegres campos, verdes arvoredos,
claras e frescas águas de cristal,
que em vós os debuxais ao natural
discorrendo da altura dos rochedos;

silvestres montes, ásperos penedos,
compostos em concerto desigual,
sabei que, sem licença de meu mal,
já não podeis fazer meus olhos ledos.

E pois me já não vedes como vistes,
não me alegrem verduras deleitosas
nem águas que correndo alegres vêm.

Semearei em vós lembranças tristes,
regando-vos com lágrimas saudosas,
e nascerão saudades de meu bem.
 
Uma fotografia de mangerico em plena Feira do Livro de Lisboa:
 

mangericofeira2019.jpg

Até breve.

A poucos dias do Dia de Santo António

por talesforlove, em 09.06.19

Baseado no romance "Romeu e Julieta" de William Shakespear e porque também estamos em plena Feira do Livro de Lisboa.

André Rieu - Love theme from Romeo and Juliet

Uma nova foto da Feira do Livro:

FeiraFoto2.jpg

Este ano a preservação do ambiente está, finalmente, no centro da Feira, tal como a adopção de sacos de papel o demonstra. Faz-nos lembrar que as árvores são necessárias para o habitat de tantas espécies selvagens, dir-se-ia que de todas, tal como é o exemplo do Lobo, que na A24, em Portugal, foi alvo de um cuidado adicional ao adicionarem-se vedações em ambos os lados da via, com passagens que só abrem no sentido em que os animais ficam seguros.

Sem dúvida, um longo caminho, mas gratificante, o da preservação da natureza.

Até breve.

 

Uma Fotografia da Feira do Livro de Lisboa 2019

por talesforlove, em 09.06.19

FeiraFoto1.jpg

Até breve.

meta

Pág. 1/2

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D